sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Duvida

Medo de te amar,

nunca achei que ouviria isso,
amor sentimento sem barreiras,
caso de dor e alegria,
um ato de se doar,

Tranquilo são os dias que estou ao seu lado,
te pintando em mil tons,
tudo na janela de minha mente flertando com o presente,
guardando a paisagem do seu rosto nos olhos de minha alma,



Venho as lagrimas quando penso ter perdido este olhar,
perdido seu amor,
que luto tanto para conquista – lo,
tenho medo !
Não de ter me entregado por completo,
mas que todo meu amor não toque seu coração.


O frio correm em minha espinha,
quando se afasta perdida em nuvens neblinosas,
queria ser um farol nestas neblinas,
para te mostrar um pouco de luz entre as nevoas,
Nunca fui campeão de virtudes,
mas nunca amei sem intensidade,
tenho as vezes vontade de arrancar o coração de meu peito,
para toda esta dor se calar.

Vivo aproveitando cada segundo ao seu lado,
querendo te fazer perder o medo,
quando eu mesmo me apavoro,
porque lhe dei meu melhor,
o sentimento mais puro que possuo,
que é meu amor por você.

Queria que seu amor por mim perdesse o medo,
confiando assim em meus sentimentos,
pois nunca tive medo de te amar,
mesmo nos dias que duvida de meu amor,
e tudo dói tanto dentro de mim,
nunca tive medo de dizer,
EU TE AMO!

De JB M Moura

Zemfira - kukushka (anime version)

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Quem sabe Renascer !

Não creio em milagres ,
também não sou bom nessa coisa de fé ,
mas sempre quis acreditar ,
mas os tempos sempre me fizeram abandonar ,
andando sem destino esse sou eu ,
leves alegrias que logo se desafazem ,



Da cor da manha ,
ao cair da noite ,
esta é minha vida ,
sigo vivendo sem saber ,
o que devo fazer ,
esperando que os sinos toquem meu coração ,
apenas quero coisas tão comuns ,
mas sem as quais não se vive por ai ,
vivendo em suspiro profundo esse sou eu ,
de nada valem os sorrisos ,
quando o meu espirito chora ,


As vezes nesses caminhos quero acreditar ,
mas porque é tão difícil ,
é tão simples de cada um ,
mas não consigo ,
por que não escuto os sinos ,


As cidades sempre tão amontoadas de gente
eu sempre sou tão sozinho ,
muito barulho e confusão ,
tudo tão deserto em mim ,
eu sorrio buscando o próximo horizonte ,


Me sinto a parte deste mundo ,
este sou eu ,
eterna busca que nunca chega a um fim ,
vidas vem e vão ,
tudo passa rápido ,
acreditar é tão simples ,
quando penso no incio ,
já se chegou o fim ,
este sou ,
apenas ouvir os sinos ,
é uma questão de fé ,
apenas queria acreditar



DE J B M Moura

Apenas caminhando para o horizonte

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Pedacinho de Sonho

Me perco em pensamentos distantes,

entre presente e futuro com misto de fantasia,
apenas porque sou sonhador de natureza,
nada podendo desfazer estes sonhos,
que tento trazer eles docemente para nossa realidade,
revela – los aos seus olhos.

Tornar seu mundo mais feliz,
acariciar sua vida,
cobrindo – a com um manto de amor,
deixa – la aquecida e segura,
dar meu melhor para você,
cultivar em seu coração amor,
para lhe encantar a vida.

Não apenas fazer juras de amor,
mas se tornando visíveis através de minhas ações,
transformar a vida em um pequeno sonho,
que pode ser maior que o mundo,
partindo de duas pessoas.

Te sentir perto mesmo longe,
quando perto que se de em forma do mais puro amor,
sendo cheio de carinhos enamorados,
juntando pensamentos e corpos em um só,
onde nada mais vai importar,
a vida estará completa,
dividindo um pequeno sonhos,
se tornando uma onda de desejo e bem querer
que chamamos de amor.


De JB M Moura

Minha Joia

Brisa de dia de verão,


que acaricia meu coração,

refrescando minha vida,

me enchendo de virtudes e sonhos.



Jóia preciosa,

lapidada no fogo da paixão,

regada em amor e mel,

junto com gotas de pequenos sonhos,



Quem á olha perde o chão,

caindo de amor sobre seus encantos,

um presente especial da vida,

se perder em seus abraços cheios de paixão,

me faz flutuar viajando sobre o mundo,

criando um arco-iris que colore minha existência.



Vejo o amanhecer e entardecer por seus olhos,

querendo sempre que venham em minha direção,

pois tudo fica sem sentido quando não esta por perto,

sendo indispensável como a água,

sem te ter é como ficar sedento,

que esta sede pode apenas se aplacar através de seus beijos .



Queria ter em encanto em minhas palavras,

para com elas tocar o seu coração,

por fim mostrando tudo o que sinto,

de que o mundo fica tão vazio sem seus toque,

o tempo custa a passar,

torturando este coração,

que só sabe lhe amar



Minha pequena princesa,

jóia de valor incalculável,

aceite meu amor como presente,

guardando – o contigo,

te dando carinhos sem fronteiras ao pé do ouvido

sendo como mel te deixando doce a vida,

te protegendo, te amando, te mimando,

para somente te fazer sempre feliz.



De JB M Moura

domingo, 8 de agosto de 2010

NOSSA CARA SP: Festa Zazueira

NOSSA CARA SP: Festa Zazueira

Um Cantinho quem sabe

Se comparar o mundo quando quando você apareceu,


meu peito voltou bater forte,

como trovão nas chuvas de verão,

sentir o calor que a muito não sentia,

o prazer de ter horas e horas doce companhia,.



Coisas que me tiram o sono,

me fazendo viajar em um mundo de sonhos e fantasia,

contando sempre as horas para um reencontro cheio de prazer e alegria,

o tempo correndo tão rápido,

feito areia que escorrega entre os dedos,

assim se é com tudo que é perfeito



Tocar meu coração que foi florindo novamente,

dando inicio ao sonho de amar,

quem saber ser completo,

contemplar o infinito céu azul,



Você tornou-se sol, céu e mar

minha terra firme onde posso caminhar

meu luar que me apaixona

junto com as estrelas que são cada desejo de te ter em meu braços.



Quando seu sorriso some,

teus risos não se pronunciam,

e suas palavras se tornam vagas,

fico sem rumo, de coração apertado,

perdendo minha alegria,

sedento de tua companhia.



Sorria comigo novamente,

me seu mais lindo olhar de jade,

um lugar em teus sonhos,

o caminho de teus mistérios,

uma morada em seu coração,

um pouquinho de atenção

quem sabe !



De JB M Moura

Comandante Che Guevara

video

sábado, 7 de agosto de 2010

Rainha Tupã






Olhar de trovão,
Que deixa elétrico quanto finto teus olhos,
Como um relâmpago que antecede a tempestade,
Saem de teus olhos ao se encontrarem com os meus,
O trovão com este raio reluzente,
Atinge – me direto no peito, me fazendo sonhar novamente,
Brotando paixão e sonhos ao pé da lua.


Abelha rainha, imperatriz do mel,
Onde zangões famintos fazem sua dança,
Em flor em flor, colhendo mel,

Construindo teu palácio nas alturas
Sonhando com o meu de teus lábios,



Ao nascer do sol,
Ao cair da noite,
Canções cantam sua beleza,
E poemas são escritos a ausência de teus braços
Doce mulher,
Encarnação de deusas correm em teu espírito,
De Athena deusa da sabedoria e Afrodite do amor.


Seus olhos de trovão
Destruíram em meu peito rochedos de amargura e fel,
Finalmente a velha flor do amor volta a nascer,
Desabrochando com teu sorriso.


Rainha de terras indígenas,
De brisa macia,
Deusa de pele morena,
Domadora de raios,
Minha eterna rainha,
Rainha Tupã de meu coração !

De JB M Moura

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Rainha do Nilo


A sempre dança pelos mesmos caminhos,
feito serpente sem direção certa,
eufóricos são os dias de sol e esperança,
ao cair da noite volto a realidade,
de que certas coisas não passam de um sonho.

Sonhar com o sorriso de alguem especial,
fazer a magica que nos faz vivos,
o mundo girar sem voltar ao passado,
crer apenas em meu coração,
mas logo acordo na calada da noite.

Minha luta é voltar para o reino dos sonhos,
escrevo linhas de fantasias,
quando as piramides eram novas,
vendo a rainha do Egito em seu palácio,
querendo traze-la em meu tempo,
sem César ou Marco Antônio,
enebriar seu coração,
assim como seu sorriso correndo em minhas veias,
igual veneno de serpente,
desejando seu sorriso,
um antidoto para meu coração pulsar feliz.

De JB.M.Moura

Sorriso de Mel

Não se preocupe com a noite lá fora,
nenhum mal vai lhe acontecer,
não esta noite,
sorria para mim e me diga porque teu coração está chorando,

Vivemos caminhos tão diferentes,
que se encontraram na solidão,
neste caminho de volta para casa,
as paisagens mudando,
assim como a vida,
muitas vezes rápido demais que não podemos acompanhar,
as estrelas sempre brilharam para nós,
basta olhar para elas.

Tenha certeza tuas lagrimas vão secar,
e florir um belo jardim,
com todo o amor que recebeu,
sempre vai estar dentro de você uma linda lembrança.

Confiou em mim,
abrindo teu coração,
Vi o planto molhar teu rosto,
tentei seca-lo com um sorriso,
você disse: - Esta tudo bem !
Saudades de um alguem que se foi,
mas saiba que de onde estiver,
este alguem sempre olhara por ti
tão certo como esta noite vai amanhecer.

Sou um desconhecido,
um poeta que perdeu o amor,
vejo através de tua beleza que algo se perdeu,
mas basta fechar os olhos,
que durante todo tempo sempre esteve perto de você

As horas passam tão rápido,
tome meu ombro e descanse,
estarei todo tempo aqui,
sempre,
não deixarei más lembranças chegarem,
não mais,
não esta noite,
logo vai amanhecer e tudo vai ficar para trás,
inclusive eu,
melhores dias chegaram.

Olhando você sonhar,
vendo como os anjos dormem,
me senti seguro pela primeira vez em muito tempo,
nada me faltava,
meus dedos se enrolaram pelo dourado de teu cabelo,
lhe dando aconchego,
de olhos fechados você sorriu.

Naquele momento me senti feliz,
minha dor se afastou,
e sei que a sua também,

Logo o dia vai amanhecer,
como te prometi,
cada dia é o começo de uma nova vida,
a busca da felicidade renovada.

Quando se sentir sozinha na noite,
olhe as estrelas,
relembre esta noite,
lembre do poeta,
que logo vai amanhecer,
procure este teu sorriso que eu vi enquanto dormia.

De JB M Moura